HardGamer
Para falar de Nintendo, Sony, Microsoft…

O lado podre dos MMORPGs…

A última, ou a mais nova dos MMORPGs é pagar pessoas para ganhar levels com seu personagem em World of Warcraft por exemplo. Eu não estou falando de quando o cara para de jogar e o irmão mais novo assume o posto para deixar o personagem mais forte e com itens preciosos, com itens que podem ser vendidos até no eBay. A coisa é muito mais séria do que parece. Na China, cerca de 100.000 pessoas trabalham – sem nenhum vínculo empregado-empresa – para deixar os personagens dos outros mais fortes.

Ainda não está vendo nada demais nisso? Pois bem, vamos lá. Esse número de pessoas ficam trancadas em pequenas salas o dia inteiro, numa sala onde almoçam, dormem, jantam e jogam praticamente todo o tempo. Há uma cota para cumprir: tantos personagens tem que chegar a tal level em um tempo estipulado sabe-se lá por quem. De certo, alguém que conseguiu juntar um monte de gente que se sujeita a esse trabalho por conta de uma renda muito baixa e se aproveita dessas pessoas sem nenhum sentimento de culpa. O pior é o cara que paga para esse outro sabichão. Se você já pagou para alguém subir o level do seu personagem seja lá em qual jogo for, VOCÊ é o culpado disso.

Os “Gold Farmers” como são conhecidos, tem a missão de conseguir level, itens preciosos ou qualquer outro tipo de recompensa que torne um personagem melhor, como já falei antes. Eles recebem cerca de US$250 por mês, e desse valor ainda devem retirar uma porcentagem que vai para os seus “contratantes”. Pesquisando sobre o assunto no google e youtube, encontrei um vídeo documentário que ainda não está completo, mas aconselho a quem achar que isso é uma brincadeira, e também quem está com um sentimento parecido com o meu – de repugnância -, a dar uma olhada no vídeo abaixo.
Simplesmente eu não consigo entender como uma pessoa pode pagar alguém para passar uma boa parte do game para ela. Para onde vai a diversão? Para que a pessoa compra um jogo e não passa pelo início dele? Só para conseguir “status virtual”? Que banal…

Como se não bastasse isso, já teve gente que conseguiu fazer algo parecido no Xbox 360. Isso é uma apelação sem limites, sem falar que parece irmão menor chamando o irmão mais velho para brigar com o cara que bateu nele. Cadê as boas maneiras nos jogos online? Depois as pessoas ficam dizendo que são os brasileiros quem estragam os MMORPGs…

Bom, vamos lá. No site Level My 360, o jogador pode pagar para ter o seu Gamerscore elevado e ser tratado como o bonzão na Live – coisa que não é. Os preços variam:

500 pontos custam US$ 39,99
750 pontos custam US$ 59,99
1000 pontos custam US$ 99,99
1500 pontos custam US$ 149,99
2000 pontos custam US$ 199,99
3000 pontos custam US$ 299,99

Level My 360? Por que não Level my Brain Age?

Considero barato, visto que as pessoas que utilizam esse tipo de trapaça devem pagar caro!

Ah, agora um marketing gratuito para os meus amigos blogueiros que só escrevem “coisa fina”. O Fabão que não é um bot arrebenta no Gamer Lifestyle. Já o Guerreiro está falando sobre o MSN no 360, mas pode já ter mudado de assunto. O Bueno, blogueiro Freeko de altas horas, já deve ter mudado o post também… quando passei lá da última vez, o cara estava falando sobre frases de promoção, algo como: “Não mandem essas frases…”. O cara lá do Gamer.Br, gente finíssima tá falando sobre os blogs dos jornalistas de games que fala do Bracht, e mais um monte de jornalistas de games firmezas… é isso…a gora visita aê! 😉

Anúncios

4 Respostas to “O lado podre dos MMORPGs…”

  1. Os culpados por isso são os jogadores hardcore. Eles têm acesso à informação, eles – que já se divertiram antes evoluindo seu personagem/conta principal – é que vão atrás de “semi-escravos” para ter mais e mais de um jogo.

    O ser humano também é assim, é uma missão impossível combater os farmers de conta. A Blizzard dias atrás baniu 76.000 contas do World of Warcraft, mas a maioria estava envolvida com venda de golds.

    Os “gold farmers” é que devem ser extintos e combatidos com máxima força, pois eles estragam a economia do jogo. De quebra, a maioria dos gold farmers são também “farmers” de outros tipos. Banindo-os, você pode acabar com vários outros problemas.

    E não só os meliantes, mas também aqueles que utilizam esses tipos de serviço devem ser punidos, com a perda das contas e sem direito a ter dinheiro devolvido.

    Onde você joga WoW? Em que server? 🙂

  2. Acho que é uma moda da China empregarem pessoas com salários muito baixos para fazer qualquer coisa que dê muito dinheiro. No mundo dos games os Gold Farmers são apenas um exemplo, porém nada mais degradante do que um sem-fim de formas de pirataria que rola por lá, tem até de Ferrari, iPods e de designers famosos, como Oscar Niemayer. O problema é que nenhuma empresa se mexe para evitar isso, por conta da China ser o país com maior potencial de consumidores: 1 bilhão de pessoas é gente pra burro.
    Não acho que são os Gold Farmers os culpados e sim pessoas que utilizam deste serviço para se dar bem — e pessoas assim deveriam ser explusas de WoW.
    A culpa pela pirataria não é da China, mas dos consumidores que se sujeitam a comprar estes produtos.

  3. Como diria Bátima, o sábio: “Isso é uma puta putaria, Robin”.

  4. $anchor$basketball Betting,final Four,final Four Betting,final Four Gambling,final Four Sports Book,final Four Sportsbook,march Madness,march Madness Betting,march Madness Gambling,march Madness Sports Book,march Madness Sportsbook,ncaa,ncaa Betting,…

    $anchor$basketball Betting,final Four,final Four Betting,final Four Gambling,final Four Sports Book,final Four Sportsbook,march Madness,march Madness Betting,march Madness Gambling,march Madness Sports Book,march Madness Sportsbook,ncaa,ncaa Betting,nc…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: